terça-feira, 28 de setembro de 2010

Arte Postal no IX Congresso Brasileiro de Arteterapia

A AATESP ainda está recebendo contribuições em Arte Postal para apresentação no IX Congresso Brasileiro de Arteterapia! Participem!
Para quem deseja conhecer um pouco mais, segue texto da Claudia Colagrande sobre o tema, presente nos Anais do III Fórum Paulista de Arteterapia.

A Arte Postal na Arteterapia[1]
Claudia Colagrande[2]

Na década de 1960, correspondências trocadas entre artistas plásticos deram origem a mais uma forma de expressão da arte contemporânea: a arte-postal (mail art). A arte-postal se caracteriza por ser um meio de expressão livre, na qual envelopes, telegramas, selos ou carimbos postais são alguns dos suportes em que é possível a expressão da sensibilidade. Os artistas utilizam, principalmente, técnicas como colagens, fotografia, escrita ou pintura. A única limitação real é a utilização de diferentes técnicas e suportes é a possibilidade de envio dos trabalhos pelo correio.
No final dos anos 80 o movimento de arte postal perdeu a força, especialmente junto aos artistas que trabalhavam esse veículo como forma de protesto.
No entanto, nos anos 90, a arte postal iniciou seu diálogo com as novas mídias. E foi na internet que os artistas encontraram um meio privilegiado para novas experimentações, inaugurando novas possibilidades.
Na arteterapia utilizamos a arte-postal de duas maneiras:
1. Forma de arteterapeutas se corresponderem;
2. Em atendimentos como forma da pessoa se expressar como se estivesse comunicando algo a ela mesma ou a outra pessoa que não necessariamente receberá o postal.
Por ser um meio de expressão livre, suporte pequeno (10 x 15cm) é um caminho facilitador da expressão, diria não intimidador. Várias possibilidades existem nessa forma de conduzir a expressão numa sessão de arteterapia e os resultados são sempre surpreendentes.
Na AATESP decidimos colocar essa forma de expressão em todos os Congressos e Fóruns que promovemos a fim de que os arteterapeutas mostrem a sua produção e comunicação não verbal. Hoje possuímos o Blog da AATESP (http://www.aatesp.blogspot.com/), além do site onde também podemos postar imagens enviadas de vários lugares do mundo onde arteterapeutas e clientes queiram compartilhar os seus postais.

[1] Parte do texto extraído do texto da historiadora Valéria Peixoto Alencar - Arte Postal: Correspondência com valor artístico. UOL Educação. 2010. Site: http://educacao.uol.com.br/artes/arte-postal.jhtm Data de Acesso: 16 de Fevereiro de 2010.
[2] Artista plástica e arteterapeuta (AATESP 100/0109), Membro do Conselho Diretor da AATESP (Gestão 2009-2010)

sábado, 25 de setembro de 2010

Procedimentos para inscrição - IX Congresso Brasileiro de Arteterapia‏

Prezados colegas,
Para se inscrever no IX Congresso Brasileiro de Arteterapia, você deve clicar diretamente em http://www.congressoarteterapiasp.com.br/formulario/ e preencher o Formulário de Inscrição. Posteriormente deve clicar em http://www.congressoarteterapiasp.com.br/boleto/ para gerar seu boleto, no valor da inscrição de sua categoria (Estudante ou Profissional).
Grupos com um mínimo de 10 pessoas devem enviar uma listagem com os nomes dos participantes para Aline, da Aluá Eventos - aline@aluaeventos.com.br, com o nome dos participantes do grupo, que contarão com 10% de desconto na inscrição. Além disto, cada participante deverá seguir os procedimentos acima, gerando o valor do boleto já com o desconto.